Antônio Nascimento – Banda B
Suspeito apresentou-se sorrindo na delegacia

A Delegacia de Fazenda Rio Grande, região metropolitana de Curitiba, ouviu nesta quarta-feira (27) Gilberto Renato Verruchoski Junior, de 20 anos, acusado de matar a própria esposa, Joice Aparecida Nascimento, de 17, no último domingo (24). Ele confessou o crime e deverá permanecer detido, caso seja aceito o pedido de prisão preventiva feito pela Polícia Civil de Fazenda Rio Grande ao Poder Judiciário.

Junior entregou à polícia arma usada no crime

Na delegacia, Junior se apresentou sorrindo e confessou o crime, sob a alegação de não aceitar que Joice havia o deixado. “Um crime bárbaro, já que antes de matar o autor a teria espancado. Ele passou os últimos dias na chácara da família em Mandirituba, onde também foi encontrado o filho dele de um ano, que o suspeito havia levado como refém”, contou à Banda B o delegado Haroldo Davison, de Fazenda Rio Grande.

A arma do crime foi entregue à polícia por Júnior. Ao mesmo tempo em que sorria, o suspeito também chegou a chorar ao relembra da esposa que matou.

O crime

O crime passional chocou os moradores do bairro Estado, em Fazenda Rio Grande, região metropolitana de Curitiba. Na manhã do último domingo (24), a adolescente Joice Aparecida do Nascimento, de 17 anos, grávida de dois meses, foi assassinada com um tiro na cabeça na Rua Sergipe. O principal suspeito de ter cometido o crime é o marido dela, Gilberto Renato Verruchoski Junior, de 20 anos. Ele ainda fugiu com o filho de um ano que tinha com a vítima.