Por Luiz Henrique de Oliveira e Bruno Henrique

suspeito-dhpp

Vítima foi atingida por bala perdida no bairro Sítio Cercado. Foto: BH/Banda B

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Curitiba (DH) prendeu em uma operação na Rodoviária de Curitiba, no fim de semana, Eduardo Loureiro Querido da Silva, de 31 anos. Ele é suspeito de participar de um tiroteio que deixou duas pessoas baleadas e terminou na morte de Lucinéia Pereira Leal, atingida por uma bala perdida, em junho de 2012, no bairro Sítio Cercado.

Em entrevista à Banda B nesta segunda-feira o investigador Carlos Henrique, da DH, falou que o suspeito tinha em aberto um mandato de prisão por roubo. “Também era investigado por essa situação no Sítio Cercado e agora vai responder por isso. Ele confirma que estava no bar no dia, mas nega que teve participação na troca de tiros”, descreveu.

Ainda de acordo com Carlos Henrique, o suspeito se preparava para embarcar até Guaíra quando foi detido. “Foi uma ação rápida e que evitou que o rapaz se escondesse no interior do estado”, explicou.

O suspeito está detido na carceram da DHPP, à disposição da Justiça.