Por Marina Sequinel

Um dos envolvidos em um triplo homicídio em Almirante Tamandaré, na região metropolitana de Curitiba, foi preso nesta semana. Willian da Silva de Paula, o “Willian Manco”, é acusado de matar dois jovens, de 18 e 19 anos, e um adolescente  de 14 anos no último dia 8 de agosto.

graziela

Crime aconteceu no último dia 8 de agosto. (Foto: Djalma Malaquias – Banda B)

De acordo com o delegado Nasser Salmen, responsável pelo caso, as investigações apontam que o motivo do crime seria um desacordo na hora de dividir o dinheiro de um roubo. “Nós apuramos que o Willian e uma das vítimas foram comparsas em um ataque a um caixa eletrônico. Acreditamos que houve uma discórdia no momento em que eles foram repartir o dinheiro. Além disso, tudo indica que os três jovens também estavam formando uma nova quadrilha para traficar na região”, disse ele em entrevista à Banda B nesta sexta-feira (16).

O trio foi morto a tiros no Jardim Graziela, no bairro Cachoeira, dentro de um Astra. Também são suspeitos de participar do crime Axel Lucas Ferreira Ponciano, o “Parrudo”, e André Ricardo de Souza, o “Tevez”.

André foi preso após um tiroteio com a polícia em Santa Felicidade, em Curitiba, enquanto Axel ainda está foragido. “Na ocasião do crime, eles transformaram o veículo das vítimas em uma peneira, foram muitos tiros. Análises do Instituto de Criminalística mostraram que alguns disparos foram feitos de dentro do Astra, indicando que eles tentaram revidar”, completou o delegado.

Willian Manco foi encaminhado à delegacia de Almirante Tamandaré, onde deve permanecer à disposição da Justiça.

Notícia relacionada

Atiradores descem de carro e matam três; adolescente de 14 anos é uma das vítimas