Da Polícia Civil

Foto: Divulgação Polícia Civil

Um homem de 30 anos foi preso em flagrante por policiais civis da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV), durante o cumprimento de mandados de busca e apreensão nos municípios de Curitiba e Pinhais, na última semana. Durante a operação foram apreendidos sete veículos, entre eles, três BMWs, além de cem módulos eletrônicos de veículos e vários outros objetos provenientes de furtos.

De acordo com a Polícia as investigações duraram dois meses. Foi possível fazer o monitoramento e mapeamento das pessoas envolvidas na organização criminosa, que é suspeita de furtar e roubar mais de 150 carros nos últimos seis meses.

Foram cumpridos três mandados de busca e apreensão, dois em duas residências em Pinhais onde foram localizados diversos módulos de injeção, airbag, ABS e imobilizadores, como também pedaços de sinais identificadores de veículos utilizados para alterar os veículos roubados, painéis veiculares e dois veículos com sinais de adulteração – Logan e Civic.

Seguindo as diligências, numa residência localizada no bairro Pinheirinho foram encontrados mais módulos, três veículos BMWs, sendo um deles oriundo de roubo, um Palio e uma Hilux que estava desmontada. O homem que estava na residência foi preso em flagrante por receptação qualificada.

O delegado-titular da DFRV, Wagner Holtz, conta que a quadrilha adulterava em média cinco ou seis carros por semana. “Segundo investigações, só nos primeiros dez dias de dezembro, a quadrilha já havia adulterado mais de 15 veículos. Esses carros eram vendidos como normais e financiavam novos crimes da organização criminosa”, explica Holtz.

As investigações continuam a fim de identificar e prender outros integrantes da quadrilha, bem como, apreender mais veículos e objetos oriundos de origem criminosa.

Foto: Divulgação Polícia Civil