Por Marina Sequinel e Luiz Henrique de Oliveira

O suspeito de matar um cabo da Polícia Militar foi preso em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, na tarde desta terça-feira (11). O jovem, de 25 anos, estava foragido e vivia escondido no bairro Borda do Campo.

Segundo o Guarda Municipal Felde, ele foi encontrado com uma arma calibre 22, maconha, crack, além de roupas e dinheiro manchados com tinta de caixa eletrônico. “As câmeras de segurança confirmaram que ele é o autor dos disparos que matou o cabo da PM em abril deste ano no Prado Velho, em Curitiba”, explicou ele em entrevista à Banda B.

O Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) vai investigar se o jovem esteve envolvido também com a quadrilha responsável por explosões de caixas eletrônicos na Grande Curitiba. “Nós chegamos a ele depois de uma denúncia da população, que o viu carregando uma arma”, concluiu o guarda.

O cabo Wilson Aparecido Amaral, de 43 anos, morreu em um tiroteio com dois assaltantes em frente a estação-tubo do Teatro Paiol. Uma mulher que estava nas proximidades foi atingida de raspão. A polícia vai investigar também a identidade do segundo elemento que participou da ação.

Notícia relacionada

Polícia já tem imagens do confronto entre cabo da PM morto e assaltantes no Prado Velho

Cabo da PM que reagiu a assalto não resiste e morre no hospital

Cabo da PM reage a assalto e é baleado em frente ao tubo do Teatro Paiol; mulher foi atingida de raspão