Da Redação

A Divisão de Homicídios de Curitiba (DHPP) já sabe quem matou Luis Marcelo Justi, de 42 anos, também conhecido como Tatuador, no bairro Parolin, em Curitiba. O autor das facadas fatais foi David Vensceslau, de 18 anos. Ele foi preso em um assalto e confessou o crime contra Justi, que aconteceu no último dia 21 de fevereiro.

suspeito

David foi preso pela DHPP (Foto: Divulgação)

A apresentação do acusado foi feita nesta quarta-feira (6) na DHPP. De acordo com o delegado Fábio Amaro, David e Justi discutiram na Av. do Canal, quando o autor deu vários golpes de faca.

“Ele relatou que estava sofrendo ameaças da vítima e que no dia do crime teria agido em legítima defesa, mas que não tinha interesse em matá-lo”, explicou à Banda B.

“Agora vamos concluir o inquérito policial para que David seja processado e submetido à Júri Popular. Em caso de condenação, ele poderá ser submetido a uma pena que varia de 12 a 30 anos de reclusão por homicídio qualificado”, complementou.