O site oficial do Governo do Paraná destaca, em sua página principal, que o governador Beto Richa (PSDB) irá acompanhar, nesta segunda-feira (4), a presidente Dilma Rousseff (PT), na abertura do Show Rural Coopavel 2013, em Cascavel, na região Oeste.

Dilma é considerada como uma das possíveis articuladoras da candidatura de Gleisi Hoffmann (PT) para o Governo do Paraná em 2014. Além disso, recentemente, em entrevista sobre a dengue, Richa fez duras críticas à gestão da petista. Entretanto, isto parece não causar constrangimento no encontro entre Dilma e Richa no Show Rural.

O evento

O evento é um dos mais importantes do agronegócio nacional. O governo estadual vai expor ações de apoio ao agronegócio, fomento a agricultura e promoção da sustentabilidade.

Empresas e órgãos do Governo do Estado estarão presentes à feira para mostrar novas tecnologias agrícolas, resultados de pesquisas, serviços de assistência técnica, linhas de crédito e financiamentos para agricultores e pecuaristas, além de divulgar programas de energia e saneamento.

Mais de 200 mil pessoas, devem percorrer a área de 72 hectares, onde estarão mais de 400 expositores. “Trata-se do maior evento tecnológico da agricultura brasileira. Além de equipamentos, demonstraremos na prática como fazer o processo de produção, desde a conservação dos solos até a industrialização”, disse o secretário estadual da Agricultura, Norberto Ortigara.

Ortigara afirma que o Estado tem um papel relevante na cadeia produtiva da agropecuária, principalmente na geração de conhecimento, “que não pode ficar restrito aos centros de pesquisa, deve migrar a quem utiliza na prática”. “As empresas do Estado vão aos agricultores, encurtando o caminho daquilo que se gera de conhecimento e a utilização dessas tecnologias”, destacou o secretário.

Em sua 25.ª edição, o Show Rural Coopavel é um evento tecnológico promovido pela Coopavel Cooperativa Agroindustrial e aberto exclusivamente para produtores rurais. A feira fica aberta das 8h às 18h, até sexta-feira (8).

ASSISTÊNCIA TÉCNICA – Os extensionistas do Instituto Emater prepararam um espaço que mostra as oportunidades no campo, considerando biodiversidade, agroecologia, cultivo florestal, pecuária leiteira entre outras atividades. Outra atração é o projeto paisagístico do parque de exposições, executado por uma equipe formada por profissionais da Coopavel e do Instituto Emater. Foram produzidas 350 mil mudas de flores que estão espalhadas por todo o parque.

O Instituto Agronômico do Paraná (Iapar) apresentará durante a feira as mais recentes pesquisas sobre novas tecnologias para o setor agrícola. Técnicas como conservação do solo; cultivares (feijão, batata, café, mandioca, arroz e forrageiras); fruticultura; sistemas agroflorestais e agroecologia são alguns dos principais destaques do instituto.

Os visitantes poderão observar os resultados obtidos em diferentes arranjos das hastes e discos de semeadoras de plantio direto. Também estará exposta uma grande coleção de plantas de cobertura, que podem ser usadas tanto para cultivo solteiro como em associações.

O Iapar também preparou uma estação meteorológica especialmente para o Show Rural. O visitante poderá conferir em tempo real informações sobre temperatura, umidade, velocidade do vento e condições gerais do tempo.

CRÉDITO – O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) estará com estande fixo no Show Rural. O banco de fomento oferecerá linhas de crédito especiais para atender projetos de investimento nos setores agrícola, pecuário e agroindustrial.

“O Show Rural é uma das maiores feiras do Sul do Brasil. O banco, como um agente financeiro de fomento, elege essas feiras como uma oportunidade de negócios muito grande. Estarão ali vários produtores rurais que são nossos potenciais clientes”, afirmou Jorge Gomes Rosa Filho, presidente em exercício e diretor financeiro do BRDE.

A instituição projeta firmar R$ 150 milhões em novos contratos com os empreendedores que visitarão o local. São linhas de crédito para compra de equipamentos, recuperação de solos, reflorestamento, irrigação, implantação de viveiros de muda, além de um programa para cerealistas investirem em sistemas de armazenagem.

As taxas de juros do banco variam e começam em 1% ao ano, com prazos de pagamento que chegam a até 15 anos. “O produtor pode procurar os técnicos do BRDE que ficarão no estande permanente a partir de domingo. Eles estarão à disposição para dar informações e até iniciar alguma negociação mais efetiva”, disse Rosa Filho.

ENERGIA – A Copel terá um estande no centro de experimentos da Emater, onde apresentará peças teatrais para demonstrar os cuidados requeridos no uso da energia elétrica no campo e no lar. Entre elas, as peças Caminho da Segurança e Roleta da Segurança.

Também haverá divulgação dos programas sociais voltados ao produtor rural, como à subvenção tarifária dos programas de Irrigação Noturna (PIN), específico para irrigantes, e Tarifa Rural Noturna (TRN), que abrange todos os demais produtores rurais atendidos em baixa tensão.

SANEAMENTO – As pessoas que visitarem o estande da Sanepar poderão participar do passeio por uma mata artificial, que mostra a fauna e da flora. Na simulação de um safári noturno, os visitantes poderão conhecer cerca de 60 espécies de animais empalhados, da fauna nacional e de diversas partes do mundo.

Todas as espécies pertencem ao acervo do Instituto Harpia de Pesquisa em História Natural, da Universidade Estadual do Norte do Paraná, campus de Cornélio Procópio. Os animais empalhados foram recolhidos em apreensões feitas pelo Ibama e pela Polícia Federal ou morreram em cativeiros.

Segundo o presidente da Sanepar, Antonio Hallage, o convênio com o Instituto Harpia busca despertar na população o interesse pelo meio ambiente. “Quando o visitante do estande tem a consciência do mundo em que vive e da necessidade de preservar fauna e flora, vai agir de forma a garantir a sobrevivência de animais e do ser humano”. No período da tarde, o estande também será palco de apresentações musicais com artistas regionais.