Foto: Bruno Henrique/Banda B
A polícia informou que os bandidos são três e estão fortemente armados.

Criminosos mantiveram duas pessoas reféns durante duas horas da manhã desta quarta-feira (14) dentro de uma casa na região central de Araucária, região metropolitana de Curitiba. Às 9h30, uma vítima foi liberada e uma arma de fogo foi entregue aos policiais. No final da manhã, às 11h15 o segundo refém foi liberado. Toda a área central ficou isolada. Viaturas do COE, da Rotam e do BOPE ficaram concentradas ao redor da residência durante toda a manhã. A polícia se preparou para invadir a residência, mas as negocições avançaram e os bandidos liberaram as vítimas e se renderam.

1ª vítima sendo liberada e amparada por socorristas

De acordo com informações repassadas à Banda B pela 2ª Companhia do 17º da Polícia Militar, os bandidos invadiram uma autoescola Rua Fernando Suckow para assaltar. A PM foi acionada e chegou quando os bandidos ainda estavam no estabelecimento. Eles conseguiram sair da autoescola e invadir uma casa nas proximidades. Durante a invasão a esta residência ao lado da autoescola, eles mantiveram duas pessoas reféns, que foram liberadas sem ferimentos depois de quase três horas. A negociação foi feita por celulares. Policiais ligavam para um número de celular e conversavam com o trio que estava dentro da casa.

O major Semmer da Polícia Militar, em entrevista à Banda B, afirmou que os bandidos estavam tranquilos. “Diferente do início, quando nos relataram que estavam transtornados, eles estavam bem tranquilos e conversando com cautela. Pediram a presença de um advogado. Essa foi a condição deles”, disse o major.

Os três bandidos estavam fortemente armados e se entregam à polícia. Testemunhas disseram à Banda B que os bandidos aparentam estar transtornados, como se estivessem embriagados ou drogados.

Durante as negociações, policiais conseguiram que os bandidos liberassem armas aos poucos. A casa onde os bandidos mantiveram as vítimas reféns é de um empresário dono de uma rede de lojas de automóveis na cidade. Ele foi o último liberado pelo grupo.

O trio foi algemado e está sendo levado à Delegacia de Araucária para ser autuado em flagrante por assalto e cárcere privado.