Por Elizangela Jubanski e Antônio Nascimento 

Um agricultor e a mãe dele foram baleados por uma quadrilha de assaltantes dentro do sítio onde a família mora na localidade de Queimados, em Rio Negro, região metropolitana de Curitiba, no fim da noite desta segunda-feira (19). Moacir Castilho não resistiu e morreu antes da chegada do socorro. A mãe dele, uma idosa de 69 anos, foi atingida na cabeça, mas socorrida ao hospital do município.

De acordo com informação do Corpo de Bombeiros (CB), seis homens armados invadiram o sítio na tentativa de encontrar dinheiro das dependências. O soldado Reicher disse à Banda B que, embora ferida, a idosa estava bem. “A gente chegou no local e nos deparamos com uma senhora com ferimento na cabeça, mas deve ter pego de raspão, estava consciente, orientada. Ela e uma outra mulher que estavam na casa apontaram onde estava o homem que acabou morrendo”, descreveu.

A Polícia Militar (PM) foi acionada e registrou Boletim de Ocorrência (BO). Segundo Reicher, a família é bem humilde e não é alfabetizada. “Tivemos que pegar as digitais para concluir a documentação. Escolheram uma casa bem humilde, um pecado”, disse.

Ninguém foi preso e os seis foram vistos por vizinhos fugindo a pé entre os matagais.  A idosa foi levada ao Hospital de Rio Negro e o corpo de Castilho foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba