A Polícia Militar do Paraná realizou na noite desta sexta-feira (01/03) a “Operação Primeira Classe” no centro de Curitiba. O principal objetivo da operação foi coibir o uso e tráficos de drogas, a direção sob efeito de álcool e o estacionamento iregular de veículos. No total foram efetuadas quatro prisões, 292 veículos vistoriados, 117 autos de infração de trânsito lavrados, 21 veículos removidos e três CNH recolhidas.

A operação, que realizou bloqueios de trânsito, abordagens e patrulhamentos, também serviu para reforçar o patrulhamento do Réveillon Fora de Época realizado no Largo da Ordem, também no centro da cidade. O evento, que é divulgado através das redes sociais, aconteceu pelo terceiro ano consecutivo e surgiu a partir do ditado popular de que “o ano só começa depois do carnaval”. Nas duas primeiras vezes a festa foi realizada na Praça da Espanha, mas para este ano foi mudado o endereço.

A operação foi realizada pelo 12º Batalhão da Polícia Militar, responsável pela região central da capital. O patrulhamento foi intenso no local e a PM esteve presente desde antes do início até o fim do evento. As ruas não foram bloqueadas e, para que não tivesse muito trânsito no local, os condutores foram aconselhados a escolherem caminhos alternativos. A prefeitura municipal disponibilizou também banheiros públicos e a guarda municipal colaborou com a segurança.

O Batalhão de Trânsito, com apoio dos guinchos de todas as unidades da capital estavam presentes na operação. Participaram ainda o reforço da Secretaria Municipal de Trânsito e a Guarda Municipal, além de Policiais Militares dos Batalhões da Capital e do Batalhão de Operações Especiais (BOPE).

Os detidos na operação foram encaminhados à Polícia Civil – DEMAFE (Delegacia Móvel de Futebol e Eventos) – que manteve efetivo de plantão, para que os policiais militares pudessem retornar à atividade.