Um rapaz de 22 anos tentou se passar por ‘John Wick do CIC’, na noite desta terça-feira (12), dentro do 11º Distrito Policial, na Cidade Industrial de Curitiba. Detido por tráfico de drogas, ao ver a porta da viatura da polícia aberta e os policiais distraídos, ele saiu correndo e escalou uma parede do DP. Mas bem longe da habilidade criminosa do personagem hollywoodiano, o plano de fuga deu errado e ele foi baleado pelos policiais e encontrado dentro de uma valeta, atrás do muro da delegacia.

A situação começou durante a noite, quando o rapaz foi detido na região com quantidade de drogas e notas características do tráfico. Ele foi colocado dentro da viatura para ser levado e autuado na Central de Flagrante, no Centro de Curitiba. No pátio da DP, ainda na região, policiais desceram do veículo para realizar procedimentos legais e o deixaram aguardando.

Nesse momento, o jovem pensou que pudesse protagonizar cenas cinematográficas e resolveu fugir. Segundo os policiais, uma ordem foi dada para que o rapaz parasse, mas ele continuou escalando o muro, obrigando os policiais, segundo relatos, a efetuar um disparo de arma de fogo contra ele. O jovem caiu dentro de uma valeta, na esquina das ruas José Rodrigues Pinheiro com João Chede, onde tentou se esconder.

Encontrado, o jovem amador foi socorrido pelo Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) e passa bem.  “Nos contaram que a vítima era um rapaz que estava dentro da viatura e fugiu, saiu correndo, conseguiu pular o muro. O pessoal da Civil atirou na valeta, que tinha do outro lado. O tiro transfixou a perna, mas não foi grave, ele estava orientado, consciente, conversando com a gente”, finaliza o socorrista Arthur.

O suspeito pelo crime de tráfico de drogas receberá alta médica e será encaminhado a carceragem do 11º Distrito Policial, onde prestará esclarecimentos sobre o flagrante. Se condenado, poderá pegar uma pena de 5 a 15 anos de prisão.