Reprodução Google Street View

 

Um preso de 40 anos foi agredido até a morte por colegas de celas na noite desta sexta-feira (11), no 8° Distrito Policial de Curitiba, no bairro Portão. A vítima havia sido presa há uma semana e estava em uma cela superlotada.

De acordo com informações da Polícia Civil, o desentendimento aconteceu durante a madrugada e ninguém assumiu ser o responsável pela morte. A vítima respondia por furto e com data marcada para ser removida ao Complexo Médico Penal, já que segundo a família ela apresentava problemas mentais.

Atualmente, cerca de 60 presos ocupam o local do crime, que é projetado para 20.

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) abriu inquérito e investiga o caso.