O presidiário Laerte Lemes dos Santos, 32 anos, que foi beneficiado com o indulto do Dia das Mães, foi preso na noite de sábado (11) acusado de violência doméstica em Campo Mourão (a 92 quilômetros de Maringá). A prisão ocorreu horas depois dele deixar a Penitenciária de Maringá. Para a Polícia Militar, a companheira de Santos, de 33 anos, disse ter sido agredida pelo presidiário assim que ele chegou em casa, na Rua Esmeralda Kifuri, no Avelino Piacentini.

Para ler a matéria completa no Diário de Maringá clique aqui.