Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento

assalto10092013

Posto foi vítima de assalto mais uma vez (Foto: Antônio Nascimento – Banda B)

Em seu filme, Zorro quando passava a ponte da cidade jamais era capturado, revoltando o sargento Garcia. Fato semelhante acontece em um posto de gasolina na Av. Silva Jardim com a João Negrão, no bairro Rebouças, em Curitiba. Só que neste caso, são os assaltantes que, ao passarem a ponte para a Vila Torres, jamais são pegos.

Na manhã desta terça-feira (10) o posto, recordista em assalto, foi mais uma vez vítima de um ladrão armado, que pegou o dinheiro do caixa e fugiu em direção à Vila Torres. Foram feitas buscas pela Polícia Militar (PM), mas os frentistas que não quiseram gravar entrevista garantiram que nunca ninguém é pego, devido à proximidade com a região das Torres.

Outras testemunhas afirmaram que isto também acontece nos roubos a pedestres, frequentes na região. “Passaram a ponte já era. Eles saem correndo mesmo e é pernas para que te quero”, destacou um rapaz que pediu para não ser identificado.

Um Boletim de Ocorrência do caso foi feito e a investigação fica a cargo da Delegacia de Furtos e Roubos de Curitiba (DFR). Nos últimos sete dias, foram três assaltos ao estabelecimento comercial, cometidos pelo mesmo ladrão.