Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento

suspeito020912013

Suspeito foi preso pela Polícia Militar (Foto: Bruno Henrique – Banda B)

Um pouco depois do Portal da Banda B noticiar a morte da mulher que foi queimada pelo ex-marido e estampar a foto do suspeito, a Polícia Militar do Paraná recebeu uma denúncia anônima e chegou até Eusébio Christoni, de 45 anos. Com a prisão preventiva decretada, o suspeito foi detido por volta das 13h desta segunda-feira (2) no bairro São Cristovão, em Piraquara, na região metropolitana de Curitiba.

No último dia 19, Christoni invadiu a casa da ex-mulher, ateou fogo nela e na enteada de 12 anos. A mãe não resistiu e morreu ontem na ala de queimados do Hospital Evangélico, já a menina segue internada, mas sem risco de morte. “Foi um crime brutal e que tínhamos uma obrigação de dar uma resposta à população”, afirmou à Banda B o capitão Machado, do Batalhão de Polícia de Guarda da PM, responsável pela prisão do suspeito.

Segundo o capitão, para efetuar a prisão foi necessário enfrentar um Pitt Bull que fazia a guarda da casa. “A residência era do Christoni mesmo. Entramos com dificuldades, mas conseguimos encontrá-lo escondido lá dentro. Ele disse que depois do que fez ficou escondido no mato e em Curitiba, tendo voltado a Piraquara ontem”, contou o capitão.

O suspeito foi encaminhado à Delegacia de Piraquara, onde está à disposição da Justiça.

Notícia Relacionada:

Homem ateia fogo na ex-mulher e na enteada de 12 anos que tinha tentado estuprar

Mulher queimada pelo ex-marido em Piraquara não resiste e morre no hospital