Por Elizangela Jubanski e Danaê Bubalo

Um policial militar morreu durante uma escolta em um acidente de trânsito na noite desta sexta-feira (16), no bairro Jardim Botânico, em Curitiba. O soldado Wesley estava com uma motocicleta da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (Rocam) e bateu de frente contra um biarticulado da linha Pinhais/Rui Barbosa. O soldado era lotado no 20º Batalhão de Polícia Militar (BPM).

pm-acidente

Soldado era lotado no 20º BPM. Foto: Santiago Santos

O acidente aconteceu, por volta das 23h40, na canaleta do ônibus quando o policial fazia a escolta do time de futebol do Boa Esporte, adversário do Paraná Clube no Estádio Durival Britto e Silva, na Vila Capanema, pela série B do Campeonato Brasileiro.

Ele seguia no sentido Centro quando em frente a Rodoviária de Curitiba, na Avenida Presidente Affonso Camargo, atingiu o biarticulado de frente. O soldado estava na companhia de, pelo menos, dois policiais. A hipótese é que ele tenha se distraído com algum barulho e acertado a frente do coletivo.

De acordo com testemunhas, o motorista do ônibus ainda teria tentado fazer uma manobra com o ônibus, que seguia no sentido bairro, para tentar evitar a colisão. No local, muitos policiais estavam inconsolados com a situação e em estado de choque pelo que tinha acontecido.

Uma ambulância do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate), um médico de plantão e o Corpo de Bombeiros foram até o local, mas o policial morreu na hora.

Luto

A Polícia Militar do Paraná (PMPR) decretou luto oficial de três dias, a partir deste sábado (17).  De acordo com nota oficial, o soldado entrou na corporação em maio de 2012, estava noivo e tinha conceito excelente.

Enterro

O corpo do soldado Wesley será velado na capela 4 do cemitério Jardim da Saudade, localizado na Rua João Bettega, nº 999, na CIC, a partir das 14h30 deste sábado (17). O sepultamento será domingo (18), às 9 horas.