Da Redação

(Imagem ilustrativa/Divulgação)

Uma confusão envolvendo uma pipa assustou moradores do bairro Hauer, em Curitiba, na tarde deste sábado (8). Segundo eles, um policial civil estava na frente de uma cervejaria quando teria se irritado com duas crianças que soltavam pipa no local.

Ainda de acordo com testemunhas, o homem tomou o brinquedo dos dois e os pais dos menores começaram a reclamar. Nisso, o homem afirmou ser um policial civil e disparou um tiro em direção ao chão, para não devolver a pipa. Indignados, os moradores registraram Boletim de Ocorrência sobre o caso.

Em nota, a Polícia Civil informou que a situação envolveu dois investigadores, um da Divisão Estadual de Homicídios (DHPP) e outro da Delegacia de Estelionato. Leia o texto na íntegra abaixo:

Todos os procedimentos administrativos iniciais já foram adotados. De acordo com o que foi apurado até o momento, os policiais teriam realizado uma abordagem em adolescentes e foram ameaçados por populares – momento em que houve um disparo de arma de fogo no local. Uma equipe do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) realizou o atendimento no local e conduziu os servidores até o Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (CIAC) Sul, onde foram ouvidos pelo delegado de plantão, que fará a apuração sobre eventuais responsabilidades criminais sobre os fatos.

Paralelamente, a Corregedoria Geral da Polícia Civil (CGPC) instaurou uma investigação preliminar sobre o ocorrido, com o intuito de apurar a ação dos policiais civis. Enquanto isso, os servidores ficarão afastados de suas funções operacionais, prestando apenas trabalhos administrativos, até o esclarecimento dos fatos.

A direção da Polícia Civil ressalta ainda que qualquer ato em desconformidade com as regras de condutas contidas nas leis e no estatuto da Polícia Civil será rigorosamente apurado.