Redação com Sesp

Operação deflagrada nesta sexta-feira no Paraná – Fotos: Sesp

O Departamento de Inteligência do Estado do Paraná (Diep) deflagrou nesta sexta-feira (9) a “Operação Cartigat” para prender uma quadrilha suspeita de tráfico de drogas, extorsão, concussão, roubo, receptação, entre outros crimes.

Cerca de 70 policiais civis e militares estão nas ruas desde as 6h da manhã para cumprir 21 mandados judiciais, sendo sete de prisão e outros 14 de busca e apreensão. A ação policial acontece em Curitiba e Região Metropolitana.

O repertório de crimes cometido por esta quadrilha era vasto. A investigação do Diep aponta para a suspeita de envolvimento de dois policiais civis. Um dos modus operandi consistia em primeiramente identificar pessoas envolvidas com o tráfico de drogas, com roubos ou furtos, para depois realizar abordagens e se apropriar de objetos ilícitos. Os policiais ainda cobravam vantagens indevidas para que deixassem de realizar a prisão destes criminosos.

A operação conta com a participação de policiais do Diep, do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) e do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) – unidade de elite das polícias civil e militar, respectivamente, além da Corregedoria da Polícia Civil e do Grupamento de Operações Aéreas.

Mais informações sobre a operação serão repassadas em entrevista coletiva marcada para as 10h desta sexta-feira na sede do Cope.