O pedreiro Vicente Arcanjo de Souza, 39 anos, foi preso na noite desta segunda-feira (18) depois de atirar contra a própria família em Pinhais, região metropolitana. Ele chegou em casa, por volta das 23h30, transtornado e quase provocou uma tragédia. Ninguém foi ferido.

Morador na rua Boa Esperança, no bairro Pineville, ele pegou um revólver calibre 38 e atirou contra os familiares, por um motivo ainda desconhecido. Os tiros não acertaram as vítimas e assim que o homem percebeu que a arma já estava descarregada, policiais o detiveram.

De acordo com informações do soldado Lemos, do 17° Batalhão da Polícia Militar, assim que os policiais chegaram na casa, eles pularam o muro e viram o homem apontando a arma para a filha. “Ele tinha bebido e estava tentando atirar contra a filha dele. Ninguém quis falar muito sobre o caso dentro da casa. Conseguimos pular o muro e ficamos esperando. O filho dele foi quem gritou que a arma já estava descarregada. Aí, entramos”, contou o soldado

O pedreiro foi levado à Delegacia de Pinhais onde será autuado em flagrante por porte ilegal de arma e disparos de arma de fogo.