Da Redação

Cilas, Pinheiro e Parize (Foto: Divulgação)

Cilas, Pinheiro e Parize (Foto: Divulgação)

Três homens acusados por assassinatos na Vila das Torres entre os meses de outubro de 2013 e janeiro deste ano foram presos pela Delegacia de Homicídios de Curitiba durante a última semana. Os nomes foram apresentados pelo delegado Fábio Amaro nesta segunda-feira (5), que lembrou que existe uma guerra interna no bairro, que visa estabelecer o domínio do comércio de drogas e pelo comando das atividades a ele relacionadas.

De acordo com as investigações, Cilas Lopes Duarte, de 24 anos, e Vanderlei da Rosa Pinheiro, 20 anos, são acusados pela morte de Geovane Oliveira Pinheiro, de 16, em outubro do ano passado. Rafael Luiz Parize, de 19 anos, pela morte de Alex dos Santos Fonseca em dezembro. Por fim, a terceira vítima é Fernando Bernacki, que teria sido morto por Vanderlei e Rafael em janeiro.

Segundo Amaro, os três investigados estão presos por outros crimes praticados após os homicídios citados e tiveram suas ordens de prisão cumpridas por investigadores na Casa de Custódia de Piraquara. “A Polícia Civil espera com essas prisões estabelecer o clima de tranquilidade na Vila Torres, que vem sofrendo com uma onda de assassinatos nos últimos meses”, disse.

Os três agora ficam à disposição da justiça.