Policiais da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR) prenderam, na tarde da última quinta-feira (4), um homem que acabara de praticar o crime conhecido como “saidinha de banco” contra um office-boy, no Água Verde, em Curitiba. Marcelo Nolaço Chaves, 26 anos, foi capturado com uma pasta cheia de documentos, R$ 705 em dinheiro e o celular da vítima.

O delegado Daniel Prestes Fagundes, da DFR, explicou que por volta das 17h de quinta, um policial lotado no Departamento da Polícia Civil achou suspeito um homem correndo pela Rua Saint Hilarie. “Ele pediu apoio de policiais da DFR, que logo chegaram e abordaram o homem, encontrando os objetos roubados”, contou o delegado.

Prestes contou os policiais descobriram que nas redondezas havia ocorrido um assalto. Eles localizaram vítima, que reconheceu o ladrão e tudo que foi levado por ele. “A vítima era uma rapaz de 15 anos que havia saído da agência do Itaú, na Avenida Iguaçu, por volta das 16h. Ele contou que o homem colocou a mão por baixo da roupa simulando estar armado, pegou os objetos e fugiu”, contou.

O delegado destacou que após o reconhecimento o ladrão confessou o crime e disse que pretendia vender o objeto roubado.