Da Polícia Cívil

Policiais civis da 2ª Delegacia de Homicídios de Curitiba, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), prenderam, na última sexta-feira (3), Caio Vinícius Portela da Luz de Jesus, de 22 anos. Ele é suspeito de ter espancado Cláudio Maldonado Fadel até a morte, no dia 20 de dezembro de 2016, no bairro Cristo Rei.

Suspeito nega que tenha cometido o crime (Foto: Djalma Malaquias – Banda B)

O delegado responsável pelo caso, Cássio André Dias Conceição, conta como o crime aconteceu. “O suspeito saiu da casa com a finalidade de localizar o celular, encontrou uma moradora de rua nas proximidades, achando que ela teria roubado, e começou a bater nela. Como a vítima estava passando pelo local, tentou defender a mulher do espancamento, mas acabou vindo a falecer em decorrência dos golpes que levou. A moradora de rua teve vários ossos quebrados e o rosto deformado”.

Várias diligências foram realizadas com o objetivo de identificar o suspeito. Com o auxílio de testemunhas, ele foi identificado e preso, no momento em que saía de sua residência, no bairro Cristo Rei, para ir trabalhar.

Ele responderá pelos crimes de homicídio qualificado e tentativa de homicídio, podendo pegar de 12 a 30 anos de reclusão. O suspeito está preso na carceragem temporária da DHPP, onde permanece à disposição da Justiça.

As investigações seguem para apurar se Jesus teve ou não auxílio de outras pessoas para cometer os crimes. O suspeito nega o crime.