(Foto: Polícia Civil)

Dois rapazes, de 23 e 24 anos, suspeitos pelo crime de latrocínio que vitimou Valderlei Teixeira da Silva, de 33 anos, foram presos na última segunda-feira (05/02), pela equipe do Setor de Furtos e Roubos da 10ª Subdivisão Policial (SDP) de Londrina. Os suspeitos foram encontrados nos municípios de Cambé e Londrina.

O crime aconteceu na madrugada do dia 04 de fevereiro deste ano, na Avenida Duque de Caxias, no Centro de Londrina. A vítima estava trabalhando como motorista de aplicativo, quando foi acionado para atender uma corrida, e no decorrer do trajeto, foi abordado pelos passageiros, que lhe deram voz de assalto.

“A vítima apresentou resistência aos suspeitos, e iniciou uma discussão com eles. Foi neste momento, que um dos rapazes, pegou uma faca que estava em baixo do banco do motorista, e começou a desferir vários golpes, os quais provocaram a morte de Silva”, informa o delegado-titular da 10ª SDP, Osmir Ferreira Neves Júnior.

Após serem notificados sobre o ocorrido, os policiais do Setor de Furtos e Roubos da 10ª SDP, passaram a realizar diligências e solicitaram junto a empresa responsável pelo aplicativo, a relação de usuários que utilizaram os serviços de transporte da vítima naquela noite.

Neves Júnior afirma que a divulgação da lista, possibilitou a identificação da pessoa para quem a vítima prestou a sua última corrida. “Em posse da informação, os policiais foram até a residência do solicitante, que afirmou ter pedido o serviço pelo seu celular, mas que a viagem não tinha sido feita por ele”, conta.

Diante do fato, a equipe continuou as diligências e chegou até o irmão e cunhado do solicitante, que teriam sido os passageiros da vítima. Um deles foi localizado em sua residência, que fica no Jardim São Paulo, em Cambé. E o outro suspeito compareceu a unidade, onde confessou o crime e se entregou a polícia.

Os dois foram autuados pelo crime de latrocínio e permanecem custodiados no Centro de Triagem de Londrina, onde encontram-se á disposição da Justiça.