Por Elizangela Jubanski e Djalma Malaquias

Marlon é considerado foragido da justiça. Foto: Polícia Civil

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) está à procura do homem que matou o hóspede de um hotel no Centro de Curitiba. O crime aconteceu dentro de um quarto de hotel, na Rua Conselheiro Laurindo, na madrugada de domingo passado (26). Renato Garcia de Oliveira , 27 anos, foi morto com golpes de facas. A polícia identificou que Marlon Eduardo de Lima França esteve no quarto com a vítima e é o principal suspeito.

O Corpo de Bombeiros foi acionado por funcionários do hotel, mas o hóspede não resistiu aos ferimentos. Para a Banda B no dia do crime, socorristas disseram que havia sangue no teto, nas janelas e na parede. A arma do crime, uma faca, foi deixada ao lado da cama.

O delegado da DHPP, que comanda as investigações, pede ajuda para que a população indique informações sobre o paradeiro dele, com a divulgação da identidade. “O nosso objetivo é, com a divulgação da foto do Marlon, que venham denúncias sobre o paradeiro dele. A vítima teria ido até um hotel de alta rotatividade acompanhado do autor, sendo certo que depois de certo período de ambos estarem dentro do quarto, houve gritaria e depois disso o Marlon não foi visto”, descreveu.

Renato foi ferido por um punhal e teve três ferimentos pelo corpo, conforme perícia criminal. “O motivo será esclarecido quando Marlon for encontrado. Mesmo assim, acreditamos que houve um desacerto que acabou culminando em homicídio”, finalizou.

A Polícia Civil afirmou que Oliveira era foragido do sistema prisional, usuário de drogas e morava próximo ao hotel, onde o crime aconteceu. Quem tiver informações sobre o autor ou detalhes que levam a polícia até ele pode entrar em contato com a DHPP por meio do 0800-6431-121.