Por Elizangela Jubanski e Bruno Henrique

18.08.13 - ACIDENTE PORTÃO2

Rapaz saia de casa noturna quando foi baleado. Foto: BH/Banda B

A Delegacia de Homicídios já sabe quem são os suspeitos de terem atirado contra o jovem Pedro Bertocelli Neto, 35 anos, ferido na saída de uma casa noturna no bairro Portão, em Curitiba. Baleado, Neto se envolveu em um acidente depois de bater o Chevette em que estava contra uma viatura da Guarda Municipal na esquina das avenidas Presidente Kennedy e República Argentina. O crime aconteceu no dia 18 de agosto. Até, então, ninguém foi preso. O crime tem relação com o tráfico de drogas.

Ao todo, três são suspeitos de terem participado do assassinato contra Neto. A DH possui um mandado de prisão, mas ainda não conseguiu encontrar o suspeito. O nome não será divulgado para não atrapalhar as investigações. Na manhã de hoje, investigadores foram em dois bairros de Curitiba e uma localidade em São José dos Pinhais para tentar deter o suspeito, mas não o encontraram.

No entanto, na primeira residência, no bairro Capão Raso, detiveram mãe e filho com 100 pedras de crack e R$ 2.761 em notas pequenas. No bairro Xaxim, várias roupas com etiquetas foram apreendidas com suspeita de furto. Em São José, a polícia encontrou dólares e chips da operadora TIM.

Acidente

Os dois guardas que estavam na viatura da Guarda Municipal, mas nada sofreram apesar do forte impacto na parte traseira do veículo.

Notícias relacionadas

Jovem morre na hora após colidir contra viatura da Guarda Municipal no Portão