Da Polícia Civil

Policiais da Delegacia de Homicídios identificaram o autor do homicídio ocorrido na tarde da última sexta-feira (28), no interior do Cartório do Cajuru. O crime ocorreu por volta das 14h30, nas dependências do cartório, localizado na Rua Presidente Affonso Camargo, Cristo Rei, em Curitiba. Na ocasião, Cleverson Teixeira Bonete, 30 anos, foi alvejado por oito disparos de arma de fogo na região das costas e cabeça, crime este praticado por Sérgio Aparecido Giro, 40 anos.

01.07.13 ACUSADO CARTÓRIO

Divulgação Polícia Civil

No local, os policiais colheram as imagens do circuito interno de segurança. Iniciadas as investigações, horas depois identificaram Giro como sendo o autor do crime, pois carregava a arma do crime dentro de uma pasta cinza, que foi encontrada próximo ao local com uma certidão de nascimento em nome de seu neto. “Em seguida, foram feitas pesquisas pelo sistema policial e verificado que Giro contava com vários boletins de ocorrência por crime de ameaça contra sua ex-convivente”, contou o delegado Anderson Franco, da DH.

Bonete teria ido ao cartório em companhia de sua ex-amásia para formalização de documento público a respeito da filha que tinham em comum. Quando Giro chegou pedindo que Bonete saísse para que conversassem, com a recusa sacou uma pistola calibre 380 e foi ao encalço da vítima, que tentou se abrigar no interior do cartório, mas foi alvejado com pelo menos oito tiros. “O motivo de Giro ter praticado o crime, foi que a vítima estava tendo um relacionamento amoroso com sua ex-esposa, pois, já havia em outra ocasião investido contra a vida de Bonete e feito diversas ameaças de morte contra sua ex-esposa porque não admitia o fim do relacionamento que tiveram por dezoito anos”, contou o delegado.

A polícia não descarta a hipótese da ex-amásia da vítima ter auxiliado Giro ao seu encontro, pois ela também prestou depoimento na delegacia e admitiu que vinha conversando com Giro pelas redes sociais e que o avisou que estariam no cartório para formalizarem um documento. “Primeiramente ela teria negado qualquer envolvimento no crime, mas estamos investigando sua participação porque descobrimos que eles vinham tendo contato pelas redes sociais e ela indicou ao autor que a vítima estaria naquele horário no cartório, inclusive, conversaram por telefone minutos antes do crime”, ressaltou Franco.

Policiais fizeram diversas buscas com o objetivo de prender Giro, que encontra-se foragido. Quem tiver alguma informação sobre o seu paradeiro poderá ligar para o telefone (41) 3360-1400.

Notícias Relacionadas:

Homem é executado com seis tiros dentro de cartório no Cristo Rei

Polícia divulga imagens que mostram o momento em que homem é assassinado em cartório