Erick matou Ana Cristina com uma facada no pescoço (Foto: Reprodução)

 

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) percorre Curitiba e região metropolitana atrás de um homem de nome Érick. Ele é apontado como o autor do assassinato de Ana Cristina Borges, de 39 anos, que teve o corpo encontrado na casa em que morava no Jardim Acrópole, no bairro Cajuru, em Curitiba. De acordo com a DHPP, as digitais na faca deixada na residência batem com a dele.

Menina de três anos passou horas ao lado do corpo da mãe (Foto: Daniela Sevieri – Banda B)

Ana Cristina foi executada provavelmente na madrugada de terça-feira (5), com o corpo sendo localizado apenas durante a noite. A filha do casal, de três anos, permaneceu quase que 24 horas ao lado do corpo. O delegado Fábio Amaro, da DHPP, afirmou que a expectativa é de que Érick seja preso ainda no período de flagrante.

“O Érick estava em posse de uma arma, que foi encontrada no local com suas digitais. Ele deu um golpe no pescoço da vítima e o corpo foi encontrado na noite de ontem. Estamos lutando para efetuar a prisão em breve, ainda no período de flagrante”, afirmou à Banda B.

Segundo Amaro, o autor tem envolvimento com as drogas. “Eles tinham um relacionamento conturbado, justamente por essa questão do vício”, destacou.

Quem tiver informações sobre o suspeito pode ligar anonimamente na DHPP no telefone: 0800-6431-121.

Notícia Relacionada: