Mulheres estavam caídas em um matagal. Foto: AN/Banda B

 

Policiais da Delegacia de Colombo, na região metropolitana de Curitiba, já sabem quem levou duas mulheres para um matagal na zona rural do município, localidade de Santa Gema, e efetuou disparos de arma de fogo contra elas. Kely Aparecida de Souza, 30 anos, morreu na hora e a amiga de 23 anos se recupera em um hospital de Curitiba. Para a polícia, o crime foi motivado pelas drogas.

Segundo o delegado, responsável pelas investigações, Erineu Sebastião Portes, é uma questão de tempo representá-los pela prisão preventiva dos matadores. “Eles moravam na região do Alto Maracanã e contaram que estavam em um bar, até por volta das 23 horas. Elas contaram que faziam uso de bebidas alcoólicas e, inclusive, eram usuárias de drogas. Estamos com as investigações bem avançadas”, disse o delegado.

Um dos criminosos já está identificado e a motivação é relacionado ao uso de drogas. “Há fortes indícios de dívidas de drogas, acredito que os autores imaginaram que nenhuma delas fosse sobreviver”, finalizou. A jovem que sobreviveu aos disparos continua em estado grave, mas sem risco de morte.

Crime

Funcionários de uma chácara, na localidade de Santa Gema, encontraram as mulheres caídas na manhã da última sexta-feira (8), na rua João Strapasson Sobrinho. A Polícia Militar (PM) foi acionada e constatou que uma delas já estava morta. A jovem sobrevivente contou que os assassinos estavam em um veículo Saveiro. Ela tinha um ferimento na coxa e fratura de fêmur.

 

Notícias relacionadas: