Divulgação

A Delegacia de Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, divulgou na tarde desta quinta-feira (21) o retrato falado do acusado de incendiar os seis biarticulados em um estacionamento do na noite do último dia 14. Os ônibus estavam estacionados em um terreno, que fica na esquina das Avenidas 24 de Maio com a Ayrton Senna da Silva, no bairro Weissópolis.

Os biarticulados pertenciam a empresa Expresso Azul Transporte Coletivo, e de acordo com um funcionário da empresa, eles já não circulavam mais. De acordo com o delegado Fábio Amaro, a perícia esteve no local e o foco do incêndio foi um ônibus que estava no meio, se alastrando na sequência para os demais. “Não acreditamos que seja um atentado de facção criminosa como se cogitou, pode ser algum ex-funcionário ou algum revoltado com o reajuste na passagem”, comentou.

Informações que possam ajudar a polícia nas investigações podem ser repassadas pelo (41) 3665-5250.