Da Redação com Polícia Civil

A Polícia Civil divulgou na manhã desta quinta-feira (3) a foto de José Ademir Radol, de 48 anos, principal suspeito pela morte da estudante Aline Moreira, de 18 anos. A Justiça emitiu nessa quarta (2) um mandado de prisão contra o mecânico, que já é considerado foragido. O homem era namorado da mãe da vítima há poucos meses e utilizava nome falso, de Márcio Melo.

foto-suspeito-031013-bandab

(Foto: Divulgação – Polícia Civil)

De acordo com a polícia, o mecânico tem boletins de ocorrência contra ele em Santa Catarina. A suspeita é de que a jovem, que morava em Mafra (SC), tenha sofrido violência sexual. O corpo foi encontrado em uma zona rural do município de Rio Negro, próximo de um riacho, sem roupas e com hematomas na cabeça.

O caso

Aline desapareceu na última sexta-feira (27), depois de pegar carona com o namorado da mãe, que viajava para Curitiba para comprar pneus. Ela pretendia voltar para a capital paranaense para visitar o namorado. Horas depois de sair de Mafra (SC), ela chegou a mandar uma SMS à mãe pedindo socorro. Depois disso, ela não deu mais notícias.

Na mesma ocasião, José Ademir ligou para a mãe de Aline e afirmou ter deixado a jovem na Rodovia do Xisto, depois de o carro ter apresentado problemas mecânicos. Ele é o principal suspeito do crime e ainda não foi localizado pela polícia. Quem tiver informações deve ligar para o grupo Tigre, através do (41) 3270-1950, ou para a delegacia de Rio Negro, no (47) 3642-1557.

Notícias relacionadas

Jovem que pegou carona com namorado da mãe é encontrada morta e sem roupas

Mãe ficou em estado de choque ao descobrir que namorado é suspeito na morte da filha