PC
Casal é apontado como responsável pela fábrica clandestina, segundo a polícia

Uma fábrica clandestina de isqueiros Bic foi descoberta na cidade de Mallet, no Paraná, a cerca de 200 quilômetros de Curitiba, na manhã desta quinta-feira (28). Policiais da Delegacia de Estelionato e Desvio de Cargas (DEDC) encontraram um adolescente de 14 anos tomando conta de 20 mil produtos falsificados. Ele estava carregando os isqueiros vazios e totalmente exposto ao gás de cozinha- usado no abastecimento.

A cidade fica próxima a Irati e a denúncia partiu de moradores de Mallet. Uma mulher foi detida e levada à Delegacia do município. O marido dela, identificado apenas como Pedro, é considerado foragido. Este casal é apontado como responsável pela fábrica clandestina, segundo a polícia. O adolescente não foi detido.

De acordo com as investigações, o procedimento era feito da seguinte maneira – uma pessoa que ainda não foi identificada levava os cartuchos dos isqueiros vazios até esta fabriqueta. O adolescente era responsável por encher os isqueiros usando equipamentos perigosos e precários de gás de cozinha. O produto falsificado era vendido aos comerciantes do local. Segundo a polícia, os comerciantes não sabiam que os produtos tinham origem clandestina.

Há um ano, de acordo com policiais da DEDC, esta mesma fábrica tinha sido notificada pelas atividades irregulares, no entanto voltaram a realizar a prática ilegal. A mulher vai responder pelo crime de periclitação à vida.