Policiais da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV), comandados pelo delegado Renato Bastos Figueiroa, juntamente com policiais da Delegacia de Polícia de Piçarras, efetuaram, no último sábado (11), na cidade de Penha-SC, a prisão de Cezar Augusto Rambo, 40 anos, Laércio Marcos Feitoza, 39 anos, e Maurício Cardoso Neto, 30 anos, e estouraram um local onde ocorria o desmonte de veículos produtos de furto e roubo procedentes da cidade de Curitiba.

Divulgação

Os policiais da DFRV receberam informação de que o Civic, de placas AWS-0918, que foi furtado em Curitiba no dia 09 de maio estaria no estado de Santa Catarina, onde verificou-se que o referido automóvel encontrava-se na Rua José M. Cardoso, no município de Penha, residência de Rambo e estava com placa adulterada. No local também foi encontrado o Duster, de placas AUV-5104, que também ostentava placa falsa, bem como os vidros dos veículos Fit, de placas AUJ-1205 e Peugeot 207, de placas AWV-3033, que também foram furtados em Curitiba, no dia 07 de maio.

Em seguida, por indicação de Rambo, os policiais da DFVR e da Delegacia de Piçarras estouraram um barracão, alugado por este, localizado na Rua Abílio de Souza, também na cidade de Penha , onde os veículos eram desmontados. No local foram presos Feitoza e Neto, sendo que este último foi flagrado quando cortava o monobloco do veículo Peugeot 207, utilizando-se de um maçarico.

Os presos foram levados para a Delegacia de Polícia de Penha, onde foram autuados pelos crimes de receptação e adulteração de sinal identificador de veículo automotor. Feitoza e Neto já possuem antecedentes criminais.

O Delegado adjunto da DFRV, José Vitor Pinhão, lembra que esse é o quinto desmanche de veículos já estourado pelos policiais da DFRV, somente no estado de Santa Catarina e que investigações que culminaram nas prisões duraram dois meses e prosseguem no sentido de se identificar quem furtava os veículos em Curitiba e os transportava para Santa Catarina.