Da Redação

Quatro pessoas foram presas, dois quilos de cocaína, meio quilo de maconha, 310 comprimidos de ecstasy, uma balança de precisão e R$ 1.141 foram apreendidos por policiais civis da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc). De acordo com a Polícia Civil, na tarde da última quinta-feira (17), os policiais receberam informações da ocorrência de tráfico de drogas sintéticas em Piraquara, na Grande Curitiba.

Foto: Juliano Cunha - Banda B

Foto: Juliano Cunha – Banda B

Ao revistarem a residência de Edimar de Oliveira, o “Ed”, 37 anos ,os policias localizaram 310 comprimidos de ecstasy, que são vendidos normalmente em festas rave por um valor aproximado de R$ 50 a unidade, além de 50 gramas de cocaína, embalados em envelopes de 5 gramas, prontos para a venda. “Tudo estava escondido no interior do sofá da sala do conduzido”, contou a delegada Camila Cecconello.

“Ed”, que já havia sido preso por tráfico, foi autuado em flagrante novamente pelo crime de tráfico de drogas e se encontra recolhido na carceragem, aguardando decisão judicial.

Uberaba

Foto: Juliano Cunha - Banda B

Foto: Juliano Cunha – Banda B

Já na tarde e noite da última sexta-feira (18), os policias da Denarc receberam informações de que Ariadne Priscila do Carmo Graciano, 24 anos,, moradora do Uberaba, receberia drogas de seus fornecedores para posterior venda a traficantes da região. Os policias monitoraram a rotina de Ariadne e perceberam o momento em que ela se encontrou com dois rapazes que estavam em um Celta. Eles fizeram a entrega do entorpecente para a moça, nas proximidades do Terminal do Hauer, em Curitiba. “Neste momento, os policias fizeram a abordagem e flagraram Ariadne com 1,3 quilo de cocaína. Os demais ocupantes do Celta, Maiko Galvão Mendes, 28 anos, e  Valdeir Gustavo da Silva, de 20 anos, estavam com o dinheiro”.

Na sequência, a equipe se dirigiu até a residência de Ariadne e lá encontrou mais 650 gramas de cocaína e meio quilo de maconha, além de uma balança de precisão, escondidos no interior de um forno de micro-ondas.

Ariadne Mendes e Silva foram autuados em flagrante por tráfico de drogas.