Nos últimos dias, a Polícia Militar do Paraná (PMPR), por meio do 12º Batalhão de Polícia Militar (12º BPM), comandado pelo tenente-coronel Guilherme Teider Rocha, intensificou o policiamento na região central de Curitiba (PR), capital do estado, com a implantação de viaturas em pontos estratégicos. Segundo dados oficiais, isto já resultou na diminuição da criminalidade na região.

Algumas pessoas chegaram a reclamar que estas viaturas apenas ficam “paradas” e não saem para prestar atendimento.A versão do coronel Roberson Luiz Bondaruk, comandante-geral da PM, é outra. “A redução no número de roubos e furtos no último mês foi significativa, sendo de 75,15% de fevereiro para março. Em fevereiro, tivemos mais de 700 casos na região central, sendo registrados apenas 174, em março”, afirmou.

Segundo o coronel Roberson, a implantação destes pontos foi uma das formas que a Polícia Militar do Paraná encontrou para proporcionar à população um acesso mais rápido e fácil aos policiais. “Atualmente as pessoas tem duas maneiras de fazer o acionamento, seja através do 190 (Emergência) ou dirigindo-se diretamente ao policial”, explicou.