Por Marina Sequinel e Flávia Barros

Um policial militar, já afastado das atividades por problemas psiquiátricos, entrou em surto no apartamento onde mora na Rua Castro Alves, no bairro Batel, em Curitiba, na manhã desta quarta-feira (12). Segundo testemunhas, o soldado, de 30 anos, teria brigado com um vizinho e, depois, se trancado dentro de casa.

(Foto: Flávia Barros – Banda B)

Equipes da Polícia Militar, Guarda Municipal e do Siate, do Corpo de Bombeiros, foram acionadas para atender a ocorrência, que começou por volta das 7h e só terminou às 14h. “Todo mundo ficou bem assustado com a situação, principalmente com o número de viaturas na rua”, disse uma testemunha, que preferiu não se identificar, em entrevista à Banda B.

Não há detalhes sobre o que motivou a briga entre o soldado e o outro morador do condomínio. Após a discussão, o PM se trancou dentro de casa e se recusou a sair, por horas. Em determinado momento ele cedeu e concordou em ser encaminhado ao 2º Distrito Policial. O segundo homem envolvido no caso também foi até a delegacia, para representar contra o PM.

A princípio, surgiu a informação de que haveria reféns na ocorrência, o que foi desmentido no local. O soldado, que entrou na corporação em 2010, já estava afastado do trabalho por problemas psiquiátricos.