Mais três rodovias, que cortam áreas de manancial do Sudoeste do Paraná, receberam placas de sinalização. As placas, que alertam os motoristas para redobrar os cuidados naqueles trechos, foram instaladas pela Sanepar em estradas de três municípios que cortam as bacias dos rios Jirau Alto, em Dois Vizinhos; Sarandi, em Realeza; e Anta Gorda, em Santa Izabel do Oeste.

As placas foram instaladas no início e no final de cada uma das bacias hidrográficas dos três mananciais, responsáveis pelo abastecimento de mais de 56 mil pessoas. O objetivo do projeto Sinalização de Mananciais é alertar os motoristas que transportam produtos perigosos, passíveis de contaminar os cursos d´água.

Os motoristas, que transportam este tipo de carga, são treinados e sabem que nestes trechos é necessário reduzir a velocidade. Em caso de acidente nestas áreas, os condutores conhecem as providências que devem tomar. O projeto é uma iniciativa da Sanepar (Companhia de Saneamento do Paraná) em parceria com as concessionárias de rodovias, com o DER (Departamento de Estradas de Rodagem) e com o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes).

Atualmente, a Sanepar tem instaladas 152 captações de água em rios que podem ser atingidos por sinistros durante o transporte de produtos químicos perigosos à saúde humana. Os mananciais cortados por rodovias ou ferrovias representam 60% do total. “Em caso de acidente com produtos que podem atingir a captação, é fundamental agir rápido para evitar prejuízos ao abastecimento da população”, explica o diretor de Meio Ambiente e Ação Social da Sanepar, Péricles Weber.

Na Região Sudoeste, além de Dois Vizinhos, Santa Izabel e Realeza, as placas já foram instaladas na bacia do Rio Pato Branco, responsável pelo abastecimento da cidade do mesmo nome, e na bacia do Rio Caldeiras, no município de Palmas.