Pela segunda vez em 24 horas, um universitário foi assaltado na saída do período noturno da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Nos casos, os suspeitos foram presos. Nesta quinta-feira (19), o detido pela Polícia Militar (PM) foi identificado como Lucas Davi Pulak, de 20 anos. Um dia antes, um homem de 34 anos foi preso depois de assaltar outro universitário na mesma região, na Rua Iapó, Rebouças, em Curitiba.

Segundo a PM, no último assalto, o ladrão disse à vítima que estava armado. Ele roubou o relógio, a carteira e o celular do estudante. Em um patrulhamento, a PM conseguiu encontrá-lo e recuperar pelo menos o celular do universitário.

Pulak foi autuado em flagrante no Centro de Atendimento Integrado ao Cidadão, o Ciac-Sul, no bairro Portão, em Curitiba. Vale lembrar que em frente à universidade existe um posto da PM, mas nem isto está assustando os bandidos.

Primeiro caso

No assalto de quarta-feira, o suspeito também disse estar armado e levou o celular de um estudante. A vítima entrou em contato com a PM e encontrou o suspeito, que foi preso em flagrante, já no bairro Rebouças.

O detalhe é que ao ser detido o homem parecia não se importar. Ele disse que tinha um advogado muito bom e que iria o libertar rapidamente. O suspeito tem inúmeras passagens pela polícia e a última foi no dia 5 de abril, quando foi autuado em flagrante na Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV) por receptação.