O pedreiro Adão de Ramos, de 42 anos, passou o domingo (6) com os amigos no clube de Campo Lago Azul. Por volta de seis horas da tarde a direção do parque foi avisada que o homem havia desaparecido. As buscas foram retomadas pelo Corpo de Bombeiros na manhã de hoje (7) em pouco tempo o corpo foi encontrado em uma parte rasa da piscina principal.

Os irmãos de Adão acompanharam o resgate e disseram que ele não sabia nadar e era alcoólatra. Antonio Carlos Negri, gerente do clube, informou que funcionários passam o dia monitorando a área e que o salva-vidas estava no local, mas ninguém percebeu o afogamento.

Policiais civis acompanharam o caso, um inquérito será aberto para apurar a responsabilidade do parque.

Assista a matéria do caso no Portal do Catve.tv.