Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento

 

Um pedreiro de 41 anos, de primeiro nome Cláudio, foi preso em flagrante pela Polícia Militar (PM) por porte ilegal de arma de fogo, na noite desta terça-feira (20). Durante a tarde, ele tinha brigado com a engenheira de uma obra em Curitiba e dito para ela: “Vou te matar”.

A engenheira procurou a PM e foi até a casa do pedreiro, no bairro Hauer, onde ficou confirmado que de fato a promessa poderia ser cumprida, já que muitas armas foram apreendidas. Quatro espingardas, um revólver calibre 38 e munições de pistola estavam escondidas na residência.

O suspeito foi autuado em flagrante no Centro de Atendimento Integrado ao Cidadão, o Ciac-Sul, onde está preso à disposição da Justiça.