Passageiro estava no banco de trás. Foto: Colaboração/Banda B

 

O passageiro de um veículo Gol, modelo antigo, foi assassinado na noite dessa segunda-feira (12), na Cidade Industrial de Curitiba. O motorista e outros possíveis ocupantes abandonaram o ferido dentro do carro e fugiram a pé. Os atiradores estavam em outro carro, um Astra, e não foram localizados. A vítima segue sem identificação oficial.

De acordo com a Polícia Militar (PM), moradores da região acionaram o 190 depois de ouvirem disparos de arma de fogo entre dois carros, nas proximidades da rua Cid Campello. Viaturas da PM realizaram buscas pelo bairro e encontraram um veículo Gol, parado na esquina das ruas Haroldo Maravalhas com Pastor Roberto Mendes Rabello, na Vila Barigui.

O tenente Augusto, do 23º Batalhão da Polícia Militar, acredita que os outros ocupantes do carro fugiram. “Recebemos a informação de que um carro tinha sido alvejado aqui na região. Fizemos patrulhamentos e encontramos esse homem alvejado, no banco de trás, já sem mais ninguém com ele. Pela quantidade de sangue que tem no banco, ele estava nesse local mesmo, atrás. Dificilmente, ele era quem estava dirigindo o carro”, descreveu.

O Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) foi acionado, mas o passageiro já estava morto. “Ele tinha várias perfurações, contamos cinco, então, não tinha mais o que ser feito quando chegamos”, lamentou o soldado Corsico, do Corpo de Bombeiros.

O veículo não possui alerta de roubo/furto e mais detalhes serão apurados pela equipe de investigação da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A vítima não tinha documentos oficiais, mas aparentava ter cerca de 20 anos. O corpo foi recolhido ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba, onde aguarda a reclamação da família.