Catve

foz

A menina foi atingida com um tiro na cabeça enquanto os pais discutiam. Foto: Catve

O pai que atirou na cabeça da própria filha, de 1 anos de idade, se apresentou nessa segunda-feira (5), na Delegacia de Homicídios de Foz do Iguaçu, local do crime. Segundo informações, após prestar esclarecimentos ao delegado, na companhia do advogado, ele foi até a casa onde aconteceu a situação com dois investigadores e apontou aos policias onde havia enterrado a arma.

A menina, de apenas um ano, foi atingida com um tiro na cabeça enquanto os pais discutiam, na madrugada do dia 29 de novembro. O disparo foi contra a mãe da criança, mas como ela amamentava a filha, o tiro acertou a mandíbula garota. Ela foi levada ao Hospital com ferimentos graves, sem risco de morte, passou por cirurgia e passa bem.

Após efetuar o disparo, o pai da menina fugiu e só se apresentou na delegacia após seis dias. Populares relataram que a discussão do casal foi motivada por dinheiro.

*Clique aqui e leia mais notícias sobre o oeste do Paraná.