Por Luiz Henrique de Oliveira e Djalma Malaquias

pai e filho

Pai e filho foram presos suspeitos de cometer o crime (Foto: Djalma Malaquias – Banda B)

O pai Antônio Sabel, de 66 anos, e o filho Jader Antônio Sabel, de 35, foram presos em flagrante nos últimos dias suspeitos de matar Roni Mendes Ferreira, de 64 anos. Roni era cunhado de Antônio e o crime, que aconteceu em Colombo, na região metropolitana de Curitiba, foi motivado pela divisão de uma herança, segundo a Polícia Civil.

Em entrevista à Banda B, na manhã desta terça-feira (20), o delegado Erick Busseti, da Delegacia do Alto Maracanã, disse que a briga entre os parentes acontecia por conta da disputa de um imóvel. “Por meio do depoimento de parentes da vítima contatamos que foi um problema familiar, a respeito de um imóvel herdado da família. A filha e irmã dos suspeitos revelou que no dia do crime eles utilizaram o carro dela, um Celta vermelho”, afirmou. Ela não teria envolvimento no assassinato, de acordo com a polícia.

Segundo o delegado, o crime aconteceu em agosto deste ano no bairro Jardim Paloma, em Colombo. “A vítima levou três tiros e permaneceu internada até início de outubro, quando acabou morrendo. Durante o tempo que esteve na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), ele  conseguiu, por meio de gestos, mostrar que os autores eram o cunhado e o sobrinho”, explicou.

Antônio foi preso em via pública em Fazenda Rio Grande. Já Jader foi detido em casa no bairro Guaraituba, em Colombo. Ambos foram detidos por meio de um mandado de prisão. Não foi informado qual dos dois foi o autor dos diversos disparos que matou a Roni.