Por Luiz Henrique de Oliveira e Danaê Bubalo

armadentro

Arma não estava com o registro em dia (Foto: Danaê Bubalo – Banda B)

Um homem de 42 anos foi preso em flagrante por porte ilegal de arma de fogo durante a noite desta sexta-feira (6), no bairro Hauer, em Curitiba. O detalhe no caso é que o suspeito diz ter herdado a arma do pai e esquecido de manter a documentação em dia, o que resultou em sua prisão.

A detenção aconteceu quando policiais militares foram até a Rua das Carmelitas, após uma ligação ao 190 relatar que lá havia um homem em atitude suspeita. “Fizemos a abordagem e encontramos o revólver calibre 38 jogado no chão do carro. Ele nos contou que ganhou de herança do pai, que faleceu há dois anos, e que tinha esquecido de mantê-lo regularizado’, contou à Banda B o soldado Antônio Carlos.

De acordo com Antônio Carlos, apesar da desculpa não há o que fazer com o suspeito, porque como diria ‘Arnaldo César Coelho’: a regra é clara. “Quando a arma foi deixada de herança ele tinha que ter procurado as autoridades. Um homem com mais de 25 anos só pode ter a arma desde que não tenha passagens pela polícia e apresente condições psicológicas. Quem define isso, por meio de um processo rigoroso, é a Polícia Federal”, destacou.

O homem de 42 anos foi encaminhado ao Centro de Atendimento Integrado ao Cidadão, o Ciac-Sul, onde está detido à disposição da Justiça.