Juliano Cunha/Banda B
Não há informação sobre a idade das crianças que estavam dentro do carro do pai

Um homem de 42 anos foi executado com pelo menos 10 tiros na frente dos dois filhos na noite desta quinta-feira (24), no bairro Parolin, em Curitiba. Antônio Cyro Marques teria sido abordado por uma mulher, segundo testemunhas, que sem mencionar nenhuma palavra atirou diversas vezes contra a vítima. Não há informação sobre a idade das crianças.

Por volta das 21 horas Marques estacionou o veículo Palio entre as ruas Assis Figueiredo e João Parolin. Na volta, quando ele se aproximou do carro, foi abordado supostamente por uma mulher que teria puxado o gatilho várias vezes. Dois filhos de Antônio que estavam dentro do carro dele viram o crime.

Segundo o delegado Rubens Recalcatti, da Homicídios, a participação de uma mulher no crime tem forte indício e a motivação pode ser envolvimento com drogas. “A informação que temos é que ele não mora aqui, estava com as duas crianças quando foi abordado. Vamos apurar, mas pelas decorrências do crime, droga é uma evidência maior, já que não respeitaram nem as duas crianças que estavam com ele”, disse o delegado.

A Delegacia de Homicídios segue no comando das investigações para descobrir a motivação e a autoria do assassinato.

Atentado

Um homem de 32 anos sofreu um atentado na noite desta quinta-feira (24) na Avenida Paraguai, no bairro Nações I, em Fazenda Rio Grande, região metropolitana de Curitiba. Luiz Fabiano Manenti levou dois tiros por volta das 22h30. Ninguém soube informar o que teria levado o autor dos disparos a tentar contra a vida da vítima, que foi socorrido pelo Siate.

Porte ilegal

Em São José dos Pinhais, Leonardo Moreira, 18 anos, caminhava pela Rua Rodolpho Scherner, no Jardim Itália, quando foi detido pela Guarda Municipal. Ele tentou esconder dos agentes um revólver calibre 32 que portava, mas foi descoberto pela equipe. Leonardo recebeu voz de prisão e foi encaminhado à Delegacia local.