Por Marina Sequinel e Juliano Cunha

tatuquaradentroPai liberou a filha por volta das 15h após intervenção da PM. (Foto: Juliano Cunha – Banda B)

Um pai manteve a filha de nove meses como refém por três horas no bairro Tatuquara, em Curitiba, na tarde desta sexta-feira (31). O caso foi registrado às 12h na Rua João Eneas Ramos de Sá, no Jardim Santa Rita.

O homem, de 26 anos, a amarrou no corpo e a ameaçou com uma faca no pescoço. A Guarda Municipal foi acionada e pediu reforço de negociadores do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), que conseguiram fazer com que o homem se entregasse e liberasse a vítima. “Ele estava muito agressivo, visivelmente alterado. Nós estudamos a situação, buscamos o histórico familiar e, felizmente, tudo se resolveu. O próprio pai admitiu que é usuário de drogas e que estava em um momento de abstinência”, explicou o tenente Souza à Banda B.

Segundo ele, a ação teria sido motivada por uma briga entre ele e a esposa, por questões financeiras. “Os dois teriam discutido por causa de dívidas relacionadas à luz e internet, e a briga ficou cada vez pior, resultando na ameaça”, completou o tenente.

O rapaz foi encaminhado para o Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac-Sul) e pode responder por cárcere privado, ameaça ou tentativa de homicídio, de acordo com o que for resolvido pela Polícia Civil.