Bruno Henrique – Banda B
Polícia capturou 25 pássaros e prendeu um suspeito

Uma operação do Batalhão de Polícia Ambiental da Polícia Militar do Paraná capturou 25 pássaros e encaminhou uma pessoa à delegacia durante o final de semana nas zonas rurais de municípios da região metropolitana. O suspeito foi preso por porte ilegal de arma e com ele foram apreendidos 27 vidros de palmito in natura, duas espingardas e um tatu morto por caça ilegal.

Segundo a tenente Kelly, da Polícia Ambiental, a operação foi realizada nas zonas rurais de Almirante Tamandaré, Pinhais, Piraquara e São José dos Pinhais. “Visitamos algumas propriedades a quais tínhamos denúncias anônimas. É importante este tipo de ação para mostrar que a polícia está em cima de quem pratica crimes contra o meio ambiente”, destacou à Banda B.

Entre os 25 pássaros capturados, 22 são silvestres e três exóticos. Foram encontradas espécies ameaçadas de extinção como o sábia-branco, o trinca-ferro, o pixoxó, o papagaio do peito roxo e o curió. “As pessoas que estavam com estas aves assinaram Termo Circunstanciado e foram liberadas”, contou a tenente.

Prisão

O suspeito preso estava em uma propriedade rural na localidade de Guaraicana, em São José dos Pinhais. Ele foi autuado por porte ilegal de arma. “Encontramos com ele duas espingardas, palmito in natura e um tatu abatido por meio da caça. Ele está à disposição da justiça”, disse a tenente Kelly.

Por fim, a policial deixou um aviso: “Vamos continuar com operações para combater estes tipos de crime em toda a Grande Curitiba”, garantiu.