Da Polícia Civil

(Fotos: Djalma Malaquias – Banda B)

Em uma ação conjunta, com o objetivo de coibir o tráfico de drogas, as polícias Civil e Militar deflagraram na manhã desta sexta-feira (24), a operação denominada “Palmares” realizada nos bairros Capão Raso, Cidade Industrial e no município de São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba (RMC).

Ao longo das diligências, três pessoas de 21, 26 e 47 anos, foram presas em flagrante por tráfico de drogas e duas assinaram um Termo Circunstanciado (TC) por consumo de drogas. Com o trio, a polícia apreendeu 104 pedras de crack, 134 gramas de maconha, cinco celulares e uma balança de precisão.

Ao todo, 14 mandados de busca e apreensão domiciliar, referente ao tráfico de drogas foram cumpridos pelo 8º Distrito Policial (DP) da capital e o 13º Batalhão (BPM). Os mandados foram solicitados à Justiça, depois que a polícia constatou que algumas residências funcionavam como pontos para a comercialização e uso de drogas.

“Foram três meses de investigações para chegar até esses suspeitos que agiam em vários bairros de Curitiba”, comenta o delegado titular do 8º DP, Herculano Augusto de Abreu.

Dos três presos, dois são mãe e filho de 47 e 21 anos. Os suspeitos foram presos em sua residência situada no bairro Capão Raso. No local, a polícia apreendeu 104 pedras de crack, uma pequena porção de maconha e cinco celulares de origem duvidosa.

Na casa do outro suspeito, o rapaz de 26 anos, a equipe policial também localizou no bairro Capão Raso, 134 gramas de maconha e uma balança de precisão. Os três suspeitos foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e encaminhados até a delegacia. A operação foi denominada “Palmares” porque as investigações iniciaram em uma Praça chamada Zumbi dos Palmares.

Deram apoio a operação, o Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial (Tigre) da Polícia Civil, o Serviço Reservado (PM), Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam), Batalhão de Operações Especiais (Bope) e o Canil da PM, totalizando cerca de 60 policiais entre civis e militares.