Da Polícia Cívil

arrastao1

(Foto: Divulgação)

A Delegacia de Furtos e Roubos (DFR), de Curitiba realizou, neste último sábado (31) e domingo (01), a operação Transporte Seguro, que tem como objetivo melhorar a segurança no transporte coletivo, combatendo arrastões e crimes que acontecem no interior dos ônibus, terminais e estações tubos. Ninguém foi preso, mas três simulacros (armas de brinquedo) foram apreendidos durante as abordagens, que aconteceram com o apoio da Polícia Militar (PM) e da Guarda Municipal (GM).

De acordo com informações policiais, mais de 200 pessoas foram abordadas. A polícia acredita que, devido à ação, diversos arrastões foram evitados, já que os simulacros eram dispensados dentro dos ônibus durante as abordagens, o que acabou evitando a prisão dos suspeitos..

“Esta força-tarefa entre Polícia Civil, Polícia Militar e Guarda Municipal, será permanente e com ações diversificadas para melhorar a segurança do transporte coletivo em Curitiba e região metropolitana. A DFR está atenta aos crimes que ocorrem na cidade e adota medidas para sua prevenção e repressão”, afirma o delegado-chefe da DFR, Rafael Vianna.

A operação continuará nas próximas semanas para diminuir a incidência de crimes contra os usuários do transporte coletivo.