Da Polícia Civil

Um engenheiro de 28, foi preso em flagrante na quarta-feira (07), em Campinhas, estado de São Paulo, pelo crime de posse de material pornográfico envolvendo criança e adolescente. O caso está com a Delegacia de Crimes de Internet (Nuciber) de Curitiba.

Os policias chegaram até o suspeito, após a mãe de uma menina de 13 anos registrar um Boletim de Ocorrência (BO) no Nuciber, informando que sua filha estava sendo ameaçada por um perfil em uma rede social, através de ameaças. O suspeito fazia a vítima se mostrar nua na webcam.

Após oito meses de investigação, o Setor de Combate a Pedofilia do Nuciber conseguiu localizar a residência do suspeito. Através de mandado de busca e apreensão realizada no local, os investigadores encontraram diversos materiais pornográficos envolvendo crianças e adolescentes no computador pessoal do engenheiro. Ao analisar a conta de email do suspeito, a polícia comprovou que ele cometia o mesmo crime com outras vítimas.

Segundo informações apuradas pela polícia, as ameaças continuaram. “Quando a jovem se negou a fornecer as fotos e contou para a mãe sobre o ocorrido, o suspeito postou na rede social as imagens que tinha obtido da vítima durante os contatos com o intuito de ‘puni-lá’ e para mostrar que estava falando sério em suas ameaças”, relata o delegado-chefe da delegacia, Demétrius Gonzaga de Oliveira.

O engenheiro foi encaminhado à Delegacia de Campinas e permanece à disposição da Justiça.