Foto: Flávia Barros – Banda B

 

Após tomar posse como novo secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná, Julio Cezar dos Reis disse nesta segunda-feira (5) que o assunto de presos em delegacias será prioridade enquanto estiver na frente da pasta. Entidades ligadas à Polícia Civil já questionam há anos a manutenção de presos nos locais, com desvio de função dos agentes da corporação. Nesta segunda, seis presos fugiram da Delegacia de Piraquara, na região metropolitana de Curitiba.

“É um problema crônico, não podemos negar, mas não existe uma mágica. Já está em andamento a abertura de novas vagas no 11° Distrito Policial e devo me reunir com Departamento Penitenciário para tentar acelerar a abertura de vagas. Temos também as tornozeleiras eletrônicas, que são uma inovação tecnológica e que tem nos ajudado. Mesmo alguns voltem a delinquir, temos as ferramentas para identificar essas pessoas e vamos continuar com sua utilização”, disse Reis.

Reis ocupava o cargo de delegado-chefe da Polícia Civil e substitui o delegado federal Wagner Mesquita.

Relacionamento com a PM

Pela manhã, o governador Beto Richa apontou como um dos motivos da queda de Mesquita o relacionamento com a Polícia Militar. Segundo o novo secretário, todo o trabalho será feito em conjunto, incluindo a distribuição de orçamento. “É importante que as instituições decidam em conjunto as prioridades, precisamos restabelecer a harmonia entre o comando da Sesp e todas as instituições”, concluiu.